08 abril 2006

Mistérios da música

As 9 Sinfonias de Beethoven

1ª sinfonia:
É a do "Gênesis Psicológico". Deve ser escutada para nos motivar em tudo o que queremos iniciar.

2ª sinfonia:
É a da "Revolução Psicológica". "Um complexo monstruoso, um horrível dragão ferido contorcendo-se, que se nega e expirar e, ainda que sangrando no final, segue revolvendo-se e dando golpes com a cauda para todos os lados" (Resenha publicada em maio de 1804, por Zeitung Für Die Elegante Wait, de Viena).

3ª sinfonia:
É a da "Busca do Equilíbrio". Deve ser ouvida para nos motivar a sair dos estados de nervosismo excessivo, desânimo, descontrole, ansiedade, pessimismo.

4ª sinfonia:
É a "Sinfonia do Amor". Motiva-nos a sair dos estados de irritação, egoísmo, vingança e ódio.

5ª sinfonia:
É a do "Destino do Homem". Estimula-nos a traçar as estruturas do que queremos ser na vida, ou seja, a criar nosso destino.

6ª sinfonia:
É a da "Heurística". Motiva a toda acção criadora, a todo movimento que tenda a solucionar problemas.

7ª sinfonia:
A da "Exploração do Subconsciente". Para motivar a nossa própria auto-análise, o nosso estudo axiológico.

8ª sinfonia:
É a da "Emancipação Psicológica". Deve se escutá-la para nos motivar à mudança, à transformação, à transvalorização.

9ª sinfonia:
É a da "Sublimação". Para nos motivar a escalar os degraus dos sentimentos místicos, de espiritualidade, de devoção.


Caminhos de luz

http://gnosisonline.org/Misterios_da_Musica/Beethoven.shtml

5 Comments:

Blogger Marco Martins said...

Beethoven criou um conjunto de 9 sinfonias, uma espécie de lição de vida... cada uma com as suas componentes. O génio idealizou, o mundo na generalidade responde com indiferença...

Vivo na 4ª sinfonia, deixaram-me por lá desde um sempre, para um sempre... no entanto vou sempre espreitando outros "mundos"!

Não escrevo somente para te compensar da minha falha idecente :), escrevo porque apetece-me falar com "alguém", nem que esse "alguém" seja uma caixa de texto que de todo não me dará respostas...

Beijo

14/5/06 04:01  
Blogger Egrégora said...

Os génios passam sempre por um período de indiferença, quase sempre enquanto estão vivos...

Tens tanta coisa feia em ti? Tens de o dissolver...

A falha não foi assim tão indecente :)

14/5/06 11:26  
Blogger Marco Martins said...

"Vivo na 4ª sinfonia, deixaram-me por lá desde um sempre, para um sempre... no entanto vou sempre espreitando outros "mundos"!" -> 4ª sinfonia pelo factor "amor" e nao pelas ditas "coisas feias", ontem não me expressei bem e decidi vir corrigir o meu erro.

Agora já me entendes :) e tu caixa de texto? ....... ;p

*

14/5/06 14:44  
Anonymous Anónimo said...

Beethoven era simplesmente ridículo.
Todos que o adimiram são simplesmente uns babacas.
Pra começar: Ele era surdo.
Já viu um surdo compor musica boa?
Ele só se tornou famoso pelo dinheiro e pela dita cultura erudita.
Suas músicas refletem um sentimento morto, falso e artificial. Ele bem tenta expor seus sentimentos, mas toda a formalidade e rigor do conhecimento erudito invalidam suas emoções.
A única que me permito ouvir as vezes é a quarta. A do amor.
Gênio mesmo é o grupo Roupa Nova...

2/9/10 17:23  
Anonymous Anónimo said...

Fala sério, Beethoven, era uma gênio. Após a surdes,o cara cortou as pernas do piano e deitava-se ao chão para poder compor e sentir as vibrações das notas do piano ao chão. acorda p/vida anônimo!!!

27/9/11 16:05  

Enviar um comentário

<< Home